ilustra098A Valquíria Palione, de Belo Horizonte, escreveu um email para a equipe do Faça Diferente pedindo ajuda para inovar no marketing do seu negócio. Ela é dona de uma empresa de locação e fretamento de vans e veículos executivos. A Valquíria conta que tem página na internet e propaganda no Google mas não está vendo muitos resultados. “O que posso fazer para alavancar a imagem e a credibilidade da empresa a custos baixos?”.

Quem dará dicas para a empresária a alavancar o negócio é a Patrícia Maiana, da área de Acesso a Mercados do Sebrae Nacional. “Sugiro que, além da internet, você deve tentar algumas ações diretas para conquistar novos clientes, ou seja, faça um levantamento em Belo Horizonte de quantas agências de viagens e hotéis existem. Com isso, poderá fazer um trabalho de vendas mais direto. Leve cartão e folder.”

Essas ações diretas querem dizer contato pessoal com possíveis clientes, e a inovação também pode ajudar nessas horas. De acordo com especialista, “Belo Horizonte tem muitos eventos de negócio, e, geralmente, tanto hotéis como agências de viagem procuram locar veículos para fazer o transporte dos participantes. Então, poderia também fazer parceria com essas empresas.”

Investimento constante

A empresa de transporte executivo da Valquíria seria incluída no material do hotel, das agência de viagens e dos promotores dos eventos. Fazer parcerias é uma forma de ampliar o espaço de divulgação, e gastando pouco, o que é uma preocupação da Valquíria.

“A pequena empresa realmente tem poucos recursos, mas é preciso que destine uma parte do teu recurso para ter uma comunicação sistêmica e permanente com o cliente. Não dá pra ser só de vez em quando, isso tem que ser um custo fixo da sua empresa.”, destaca a consultora.

Às vezes, por questão de orçamento, a pequena empresa faz uma ação isolada de marketing e não continua. Corre o risco de nunca ser vista ou ouvida. Então, deve-se fazer uma comunicação sistêmica e permanente, sempre destacando a qualidade e prontidão do serviço e o bom atendimento da equipe.

“Serviço é algo muito complicado de você apalpar. Quando você compra um produto, o produto está na tua mão. Já o serviço é transformado à medida que atende cada cliente. O serviço prestado para mim é diferente do oferecido para você, pois nós clientes interferimos.”, ensina Patrícia Maiana.

Saiba mais
Portal Sebrae
0800 570 0800

Acessos a Mercados

Inovação em marketing