Do Portal PME

Fique atendo à movimentação do mercado e agarre as oportunidades de diversificar o lucro do seu negócio

Fique atento à movimentação do mercado e agarre as oportunidades de diversificar o lucro do seu negócio

As tendências de mercado funcionam como verdadeiro sinalizador de oportunidade para novos negócios. Independentemente do setor em que você atua, para se ter boas ideias é fundamental estar atento ao movimento dos hábitos de consumo. Confira abaixo alguns caminhos que têm chamado a atenção dos empreendedores.

Produtos Orgânicos - A busca de brasileiros por novidades aumenta a cada dia. É o caso dos produtos orgânicos. Dados do Ministério da Agricultura mostram que o número de agricultores com certificação orgânica dobrou em oito anos.

Bebidas com sabores exóticos - No ramo de alimentos e bebidas, destacam-se também os sabores exóticos. O Brasil já produz 43 milhões de toneladas anuais de frutas, muitas das quais exclusivas da região Amazônica. Segundo o Instituto Brasileiro de Frutas (Ibraf), nos últimos oito anos, as exportações cresceram em média 19% ao ano.

Sustentabilidade e Econegócio - Os consumidores também estão entusiasmados com as práticas sustentáveis. Por isso, podem ser interessantes negócios que priorizam o cuidado com meio ambiente e boas práticas. Essa tendência aumenta o espaço para reciclagem, por exemplo. Até pouco tempo, reaproveitavam-se apenas papéis e plásticos. Atualmente, até materiais eletrônicos ganham novas funções e isto fez com que um novo nicho do mercado fosse criado: o “Econegócio”. A lista de serviços que colaboram com o meio ambiente é extensa, contendo desde decoração com materiais orgânicos, construção civil sustentáveis, acessórios para veículos, roupas, lavanderias e até jóias, ou “biojóias”, como são chamadas.

Animais de estimação - A preocupação com o mundo animal está no rol das boas oportunidades. Estima-se que para cada duas famílias, uma possui animal de estimação no Brasil, ou seja, são mais de 28 milhões de cães e 12 milhões de gatos. Esse segmento conta não apenas com serviços comuns como banho e tosa, mas também os inusitados como psicólogo, SPA, cemitério, convênio de saúde, hotelzinho, entre outros.

Cosmpético - Outro segmento que é tido por especialistas como um dos melhores é o de cosméticos. O Brasil é o terceiro maior mercado consumidor desta linha de produtos, atrás apenas dos EUA e do Japão, segundo dados da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec). Uma vantagem para quem pretende começar um negócio neste segmento é que o capital exigido é relativamente baixo. Dentre as opções, estão lojas de cosméticos e perfumarias, salão de beleza, fabricação de óleos e essências, centro estético e produção de sabonetes glicerinados.

Tecnologia da Informação e comunicação - Já o crescimento do setor digital torna negócios nessa área cada vez mais atrativos. Isso porque, atualmente, grande parte das atividades rotineiras de uma pessoa está ligada aos sistemas digitais, como, por exemplo, operações comerciais (banco, supermercado etc.).

Mundo virtual - O boom da internet abre inúmeras oportunidades. De acordo com a última pesquisa da consultoria IBOPE Nielsen Online, o total de pessoas com acesso à internet no trabalho e em residências chegou a 51,8 milhões em agosto de 2010, uma evolução de 6,5% em relação ao mesmo período do ano anterior. Serviços de digitalização em geral, lojas virtuais e cybercafés terão uma demanda de consumidores bastante positiva sob a perspectiva do empreendedor. Ainda, agências de design de multimídias passaram a ser um tipo de negócio certeiro e aumentaram as chances para empreendedores da área de assistência técnica.

Saúde - Os brasileiros preocupados com beleza, boa forma e qualidade de vida formam um importante filão. Isso faz com o setor de saúde ganhe cada vez mais espaço. As principais tendências de negócios no setor são academias, SPA, clínicas de terapias alternativas, distribuidoras de medicamentos, lojas de produtos naturais, fabricação e venda de acessórios esportivos.

Moda - No embalo do crescimento da indústria têxtil e confecção, o segmento de moda também passou a ser uma vitrine de boas oportunidades e, portanto, a atrair empreendedores. Os caminhos para o sucesso são muitos, como lojas de roupas e acessórios, ateliês, consultoria de moda, e agências de pesquisas na área, entre outros.